Esocial   an%c3%a1lise pr%c3%a1tica do leiaute e da documenta%c3%a7%c3%a3o t%c3%a9cnica
Esocial   an%c3%a1lise pr%c3%a1tica do leiaute e da documenta%c3%a7%c3%a3o t%c3%a9cnica

eSocial - Análise Prática do Leiaute e da Documentação Técnica

Grátis

eSocial - Análise Prática do Leiaute e da Documentação Técnica

Grátis
schedule
8 horas
school
Certificado
ondemand_video
8 vídeos
insert_drive_file
2 textos
Categoria: Trabalhista/Previdenciário

Objetivos: Abordar os pontos críticos da obrigação eletrônica do Sistema de escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas (eSocial) para o correto alinhamento dos processos internos das empresas às boas práticas da Legislação Trabalhista e Previdenciária.

Orientar sobre os eventos do eSocial que migraram para uma nova obrigação digital denominada de EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída) e os possíveis cruzamentos entre as duas obrigações digitais.


Público-alvo: Contadores, Profissionais das áreas de Administração de Pessoal, Recursos Humanos, Fiscal, Folha de Pagamento, Segurança e Medicina do Trabalho e demais interessados no tema.

 

Carga horária: 8h (7h vídeoaulas + 1h autoestudo)


ATENÇÃO! Conteúdo elaborado com base na legislação vigente até a data de realização do curso: 06/06/2018. Recomenda-se vigilância quanto a eventuais alterações posteriores.

 

Data da gravação: 06/02/2018

O que você vai aprender
  • Especificidades do Projeto eSocial
  • Competências necessárias para resguardar a qualidade da geração de cada arquivo do eSocial
  • Informações de outros estabelecimentos ou de prestadores de serviço – Necessidade de agilidade e integração das informações
  • Nova obrigação que está surgindo EDF-Reinf. Qual a sua relação com o eSocial?
  • Processos críticos para gestão do Projeto eSocial (maior potencial de dificuldade por parte das empresas)
  • I - Carga Inicial das Informações
  • Informações do empregador/contribuinte – Atividade da empresa e as alíquotas de contribuição – Possíveis divergências entre as informações do contrato social e do cadastro do CNPJ
  • Conjunto de informações que serão exigidas dos trabalhadores – Quais informações serão realmente obrigatórias
  • Qualificação Cadastral – cruzamento PIS/data de nascimento/nome/CPF
  • Trabalhadores afastados (doença, invalidez, serviço militar, prisão etc) no momento de vigência do eSocial. Como serão informados
  • Prestadores de serviço. Cadastramento das lotações tributárias de seus tomadores se serviço. Cruzamento direto com as regras da folha de pagamento
  • Rubricas da folha de pagamento - cadastramento de todos os eventos da folha da empresa com a sua classificação tributária e a relação com os códigos da tabela 3 do eSocial
  • II - Admissão de Empregados
  • Processo de admissão de empregados – prazo para o envio do arquivo de admissão ao eSocial
  • Admissão Preliminar – Alternativa que exigirá uma gestão de riscos. Entenda os possíveis efeitos dessa opção
  • Trabalhadores que desistem da vaga – Como proceder nesses casos. Quais os prazos para ajustar essas informações no eSocial
  • Empresa do mesmo grupo econômico. Como serão informados os trabalhadores transferidos para outra empresa do mesmo grupo
  • Trabalhadores com mais de um contrato de trabalho na mesma empresa. Quais as regras para a aceitação do arquivo de admissão desse trabalhador
  • Novo Arquivo S-2260 convocação para trabalho intermitente
  • Inclusão das informações de teleatendimento e contrato de regime de tempo parcial
  • Nova categoria de trabalhador inserida na tabela 1 dos leiautes
  • III - Gestão de Afastamentos
  • Quais os afastamentos serão informados obrigatoriamente no eSocial e aqueles que serão mera opção da empresa
  • Afastamentos por doença e acidente do trabalho.
  • Alteração e retificação e encerramento dos motivos de afastamentos. Como proceder nesses casos, especialmente nas conversões de afastamento por doença em acidente do trabalho por parte da perícia médica do INSS
  • Férias. Quais as leituras que o eSocial fará sobre os fracionamentos de férias, férias “no papel”, férias antecipadas, férias coletivas e abono pecuniário de férias
  • IV - Gestão de Segurança e Medicina do Trabalho
  • Equipamento de Proteção Coletivo (EPC) x Equipamento de Proteção Individual (EPI). Ordem de adoção dos equipamentos na proteção dos trabalhadores
  • Atestados de Saúde Ocupacionais – Quais os tipos de exames serão informados
  • Exame médico de retorno ao trabalho - cruzamento com os arquivos de afastamento do trabalhador
  • Exame médico de mudança da função. Processo adequado para a alteração da função do trabalhador e em quais situações esse exame será exigido
  • Periodicidade dos exames médicos. Observância dos prazos conforme a idade dos colaboradores e os agentes nocivos
  • Prazo para transmissão das informações dos exames médicos
  • Agentes nocivos. Atenção especial aos agentes ergonômicos e mecânicos
  • Insalubridade e Periculosidade. Trabalhador exposto aos dois agentes. Como informar no eSocial e qual é a visão do Judiciário Trabalhista
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP digital. Descrição detalhada das atividades desempenhadas pelos trabalhadores e demais informações
  • Trabalhadores lotados em estabelecimento de tomadores de serviço e a Demonstração do Gerenciamento do Ambiente de Trabalho
  • V - Folha de Pagamento no eSocial
  • Prazo para o envio dos arquivos da folha de pagamento
  • Regime de competência e regime de caixa. Hipóteses para a transmissão dos arquivos S-1200 e S-1210
  • Horas extras, atrasos, faltas injustificadas. Como tratar os eventos ocorridos após o fechamento da folha de pagamento da empresa
  • Trabalhadores autônomos e demais contribuintes individuais. Informações complementares da folha de pagamento do eSocial
  • Trabalhadores desligados antes da vigência do eSocial com pagamentos após o eSocial Como informar valores decorrentes de PLR (Participação nos lucros e Resultados), comissões pendentes, diferenças de dissídio etc
  • DCTF-WEB – Nova declaração que substituirá o programa GFIP e consolidará os recolhimentos da empresa
  • VI - EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída)
  • Quais informações serão prestadas na EFD-Reinf. Conheça o leiaute já divulgado no portal do Sped
  • Cruzamento de informações com o eSocial, especialmente as lotações dos trabalhadores e a exposição dos agentes nocivos.
  • Desoneração da folha e pagamento – informações detalhadas que devem estar de acordo com as informações do eSocial
  • Retenção previdenciária e as informações entre tomadores e prestadores de serviços. Prepare-se para uma possível acareação eletrônica.
  • Atenção às Informações da EDF-Reinf contidas nos eventos R-2010 – Retenções Serviços Tomados Mediante Cessão de Mão de Obra e R-2020 - retenções - Serviços Prestados Mediante Cessão de Mão de Obra.
  • Demais informações sobre comercialização a produção rural, patrocínio de clubes de futebol e pagamentos demais pagamentos.
Metodologia

 O curso é composto por videoaulas, materiais didáticos e avaliação, se necessário.

Os conteúdos ficam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, e cada curso poderá ser visualizado 2 x íntegra.

Nosso professor utiliza, além das ferramentas tecnológicas, recursos utilizados em sala de aula, como resolução de exercícios na lousa, simulação de situações práticas do dia a dia, discussão e estudo de casos. O objetivo é capacitar o aluno a aplicar todo o conhecimento adquirido durante o curso na prática.

 

A estrutura de nossos cursos é composta por:

·                    Videoaulas

·                    Material didático

·                    Certificado

·                    Avaliação (quando necessário)

 

CERTIFICADO

Para obter o certificado é necessário que você atinja a frequência mínima exigida.

Certificado

Para obter o certificado é necessário que obtenha aproveitamento de 100% na videoaula.

Fabio João Rodrigues - Advogado em São Paulo. Atua desde 1995 em relações trabalhistas e sindicais. Consultor jurídico-empresarial nas áreas trabalhista e previdenciária. Especialista em Direito Material e Processual do Trabalho (PUC/SP). Representou a IOB | Sage no grupo de empresas-piloto do projeto eSocial e é articulista do repertório Síntese de jurisprudência. Coautor dos livros “Registro Eletrônico de Ponto” e “eSocial – Aspectos Teóricos e Práticos” (Editora IOB | Sage).

Descrição do curso
Categoria: Trabalhista/Previdenciário

Objetivos: Abordar os pontos críticos da obrigação eletrônica do Sistema de escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas (eSocial) para o correto alinhamento dos processos internos das empresas às boas práticas da Legislação Trabalhista e Previdenciária.

Orientar sobre os eventos do eSocial que migraram para uma nova obrigação digital denominada de EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída) e os possíveis cruzamentos entre as duas obrigações digitais.


Público-alvo: Contadores, Profissionais das áreas de Administração de Pessoal, Recursos Humanos, Fiscal, Folha de Pagamento, Segurança e Medicina do Trabalho e demais interessados no tema.

 

Carga horária: 8h (7h vídeoaulas + 1h autoestudo)


ATENÇÃO! Conteúdo elaborado com base na legislação vigente até a data de realização do curso: 06/06/2018. Recomenda-se vigilância quanto a eventuais alterações posteriores.

 

Data da gravação: 06/02/2018

O que você vai aprender
  • Especificidades do Projeto eSocial
  • Competências necessárias para resguardar a qualidade da geração de cada arquivo do eSocial
  • Informações de outros estabelecimentos ou de prestadores de serviço – Necessidade de agilidade e integração das informações
  • Nova obrigação que está surgindo EDF-Reinf. Qual a sua relação com o eSocial?
  • Processos críticos para gestão do Projeto eSocial (maior potencial de dificuldade por parte das empresas)
  • I - Carga Inicial das Informações
  • Informações do empregador/contribuinte – Atividade da empresa e as alíquotas de contribuição – Possíveis divergências entre as informações do contrato social e do cadastro do CNPJ
  • Conjunto de informações que serão exigidas dos trabalhadores – Quais informações serão realmente obrigatórias
  • Qualificação Cadastral – cruzamento PIS/data de nascimento/nome/CPF
  • Trabalhadores afastados (doença, invalidez, serviço militar, prisão etc) no momento de vigência do eSocial. Como serão informados
  • Prestadores de serviço. Cadastramento das lotações tributárias de seus tomadores se serviço. Cruzamento direto com as regras da folha de pagamento
  • Rubricas da folha de pagamento - cadastramento de todos os eventos da folha da empresa com a sua classificação tributária e a relação com os códigos da tabela 3 do eSocial
  • II - Admissão de Empregados
  • Processo de admissão de empregados – prazo para o envio do arquivo de admissão ao eSocial
  • Admissão Preliminar – Alternativa que exigirá uma gestão de riscos. Entenda os possíveis efeitos dessa opção
  • Trabalhadores que desistem da vaga – Como proceder nesses casos. Quais os prazos para ajustar essas informações no eSocial
  • Empresa do mesmo grupo econômico. Como serão informados os trabalhadores transferidos para outra empresa do mesmo grupo
  • Trabalhadores com mais de um contrato de trabalho na mesma empresa. Quais as regras para a aceitação do arquivo de admissão desse trabalhador
  • Novo Arquivo S-2260 convocação para trabalho intermitente
  • Inclusão das informações de teleatendimento e contrato de regime de tempo parcial
  • Nova categoria de trabalhador inserida na tabela 1 dos leiautes
  • III - Gestão de Afastamentos
  • Quais os afastamentos serão informados obrigatoriamente no eSocial e aqueles que serão mera opção da empresa
  • Afastamentos por doença e acidente do trabalho.
  • Alteração e retificação e encerramento dos motivos de afastamentos. Como proceder nesses casos, especialmente nas conversões de afastamento por doença em acidente do trabalho por parte da perícia médica do INSS
  • Férias. Quais as leituras que o eSocial fará sobre os fracionamentos de férias, férias “no papel”, férias antecipadas, férias coletivas e abono pecuniário de férias
  • IV - Gestão de Segurança e Medicina do Trabalho
  • Equipamento de Proteção Coletivo (EPC) x Equipamento de Proteção Individual (EPI). Ordem de adoção dos equipamentos na proteção dos trabalhadores
  • Atestados de Saúde Ocupacionais – Quais os tipos de exames serão informados
  • Exame médico de retorno ao trabalho - cruzamento com os arquivos de afastamento do trabalhador
  • Exame médico de mudança da função. Processo adequado para a alteração da função do trabalhador e em quais situações esse exame será exigido
  • Periodicidade dos exames médicos. Observância dos prazos conforme a idade dos colaboradores e os agentes nocivos
  • Prazo para transmissão das informações dos exames médicos
  • Agentes nocivos. Atenção especial aos agentes ergonômicos e mecânicos
  • Insalubridade e Periculosidade. Trabalhador exposto aos dois agentes. Como informar no eSocial e qual é a visão do Judiciário Trabalhista
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP digital. Descrição detalhada das atividades desempenhadas pelos trabalhadores e demais informações
  • Trabalhadores lotados em estabelecimento de tomadores de serviço e a Demonstração do Gerenciamento do Ambiente de Trabalho
  • V - Folha de Pagamento no eSocial
  • Prazo para o envio dos arquivos da folha de pagamento
  • Regime de competência e regime de caixa. Hipóteses para a transmissão dos arquivos S-1200 e S-1210
  • Horas extras, atrasos, faltas injustificadas. Como tratar os eventos ocorridos após o fechamento da folha de pagamento da empresa
  • Trabalhadores autônomos e demais contribuintes individuais. Informações complementares da folha de pagamento do eSocial
  • Trabalhadores desligados antes da vigência do eSocial com pagamentos após o eSocial Como informar valores decorrentes de PLR (Participação nos lucros e Resultados), comissões pendentes, diferenças de dissídio etc
  • DCTF-WEB – Nova declaração que substituirá o programa GFIP e consolidará os recolhimentos da empresa
  • VI - EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída)
  • Quais informações serão prestadas na EFD-Reinf. Conheça o leiaute já divulgado no portal do Sped
  • Cruzamento de informações com o eSocial, especialmente as lotações dos trabalhadores e a exposição dos agentes nocivos.
  • Desoneração da folha e pagamento – informações detalhadas que devem estar de acordo com as informações do eSocial
  • Retenção previdenciária e as informações entre tomadores e prestadores de serviços. Prepare-se para uma possível acareação eletrônica.
  • Atenção às Informações da EDF-Reinf contidas nos eventos R-2010 – Retenções Serviços Tomados Mediante Cessão de Mão de Obra e R-2020 - retenções - Serviços Prestados Mediante Cessão de Mão de Obra.
  • Demais informações sobre comercialização a produção rural, patrocínio de clubes de futebol e pagamentos demais pagamentos.
Conteúdo
Informações gerais
Metodologia

 O curso é composto por videoaulas, materiais didáticos e avaliação, se necessário.

Os conteúdos ficam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, e cada curso poderá ser visualizado 2 x íntegra.

Nosso professor utiliza, além das ferramentas tecnológicas, recursos utilizados em sala de aula, como resolução de exercícios na lousa, simulação de situações práticas do dia a dia, discussão e estudo de casos. O objetivo é capacitar o aluno a aplicar todo o conhecimento adquirido durante o curso na prática.

 

A estrutura de nossos cursos é composta por:

·                    Videoaulas

·                    Material didático

·                    Certificado

·                    Avaliação (quando necessário)

 

CERTIFICADO

Para obter o certificado é necessário que você atinja a frequência mínima exigida.

Certificado

Para obter o certificado é necessário que obtenha aproveitamento de 100% na videoaula.

Professores

Fabio João Rodrigues - Advogado em São Paulo. Atua desde 1995 em relações trabalhistas e sindicais. Consultor jurídico-empresarial nas áreas trabalhista e previdenciária. Especialista em Direito Material e Processual do Trabalho (PUC/SP). Representou a IOB | Sage no grupo de empresas-piloto do projeto eSocial e é articulista do repertório Síntese de jurisprudência. Coautor dos livros “Registro Eletrônico de Ponto” e “eSocial – Aspectos Teóricos e Práticos” (Editora IOB | Sage).

Comece agora

Disponível nos Combos:

Como funciona a assinatura?

 Você tem a sua disposição mais de 200h de videoaulas, diversos cursos pontuados no CFC e + de 40 novos cursos por ano. Benefícios:Aprenda no seu tempo, a qualquer hora, em...Saiba Mais

40 Cursos

Esocial   an%c3%a1lise pr%c3%a1tica do leiaute e da documenta%c3%a7%c3%a3o t%c3%a9cnica